Murundus ativos de *Atta sp.* reduzem a cobertura de crostas biológicas de solo (CBS) na Caatinga

Abstract

As formigas do gênero Atta removem uma grande quantidade de solo na construção dos seus ninhos e formam estruturas conspícuas denominadas “murundus”. Essa remoção suprime a vegetação lenhosa de pequeno porte e também pode reduzir a cobertura das crostas biológicas de solo (CBS). As CBS são formadas por cianobactérias, algas, líquens e briófitas, que têm a capacidade de diminuir a erosão e aumentar a qualidade nutricional do solo. Com isso, o objetivo deste estudo foi avaliar se a cobertura de CBS é influenciada pela atividade dos murundus, bem como pela presença de vegetação no seu entorno. O estudo foi desenvolvido no Parque Nacional do Catimbau, Pernambuco, onde foi estimada a cobertura das CBS com parcelas de 40 cm2 em murundus ativos e inativos. Os resultados demonstraram que murundus ativos reduzem drasticamente a cobertura de CBS e que a vegetação não exerce influência nesse processo. Esses resultados sugerem que, caso a densidade de formigas cortadeiras aumente em um curto espaço de tempo, a cobertura das CBS na Caatinga pode sofrer uma redução significativa.

Publication
In Ecologia e Conservação da Caatinga curso de campo 2015 (eds. FFS Siqueira et al.). Recife: UFPE
Date
Links